14 abril 2006

Abraham Lincoln

Lembrado como o presidente que emancipou os escravos de seu país, Lincoln é considerado um dos inspiradores da moderna democracia e uma das maiores figuras da história americana.

Lincoln assumiu atitude antiesclavagista e transformou-se no paladino dessa tendência após o debate que travou com o senador democrata Stephen Douglas. Em 1858, candidato ao Senado pelo novo Partido Republicano, perdeu as eleições para Douglas, mas tornou-se líder dos republicanos. Em 1860, disputou o pleito para a presidência da república e elegeu-se o 16º presidente dos Estados Unidos.

Embora considerado conservador ou reformista moderado no início da presidência, as últimas proposições de Lincoln foram avançadas. Preparava um programa de educação dos escravos libertados e chegou a sugerir que fosse concedido, de imediato, o direito de voto a uma parcela de ex-escravos. Inclinou-se também à exigência dos radicais por uma ocupação militar provisória de alguns estados sulistas, para implantar uma política de reestruturação agrária.

Em 14 de abril de 1865, Lincoln assistia a um espectáculo no Teatro Ford, em Washington, quando foi atingido na nuca por um tiro de pistola desferido por um escravista intransigente, o ex-actor John Wilkes Booth. Transportado para uma casa vizinha, Lincoln morreu na manhã do dia seguinte.
Lexicoteca - Círculo Leitores

6 comentários:

Marco Aurélio disse...

Manuel

Meu pai se chama Lincoln e cedo conheci a história deste grande estadista norte americano. Se o cover do Hitler tivesse um pingo de descência se inspiraria nele.A indústria dos EUA tem várias fachadas. A de carros e a petrolífera por exemplo.Orçamento do tio Sam é realmente sustentado pela indústria bélica como você bem disse.

Um abraço

Marco Aurélio

Luis Villas disse...

Um forte abraço de Boa Páscoa...
E obrigado pelas visitas.

greentea disse...

e hoje precisava de ouvir "Vem Serenidade" do Mário Viegas.................................

Poesia Portuguesa disse...

Grata pela partilha deste Blog. Gostei de aqui estar... voltarei, de certeza!
;)

cadeiradopoder disse...

Bom blog. Boas continuações!

Marco Aurélio disse...

Manuel

Obrigado por ter aparecido no Boatemática e também pelo elogio ao trabalho do meu pai. Apareça sempre.

Um abraço