01 abril 2006

Mário Viegas





Decorria o ano lectivo de 1967/68 na Escola Industrial e Comercial de Santarém! Numa das aulas desse  ano lectivo da disciplina de Português, a professora responsável levou nesse dia um gira-discos muito simples  e com ele um disco LP ( Long Play, como se chamava na época). Depois da  necessária preparação a uma audição aceitável por toda a turma,  lá ouvimos com toda a atenção indispensável a voz inconfundível do grande declamador de poesia, João Villaret. Na altura, confesso que não atribuí demasiada  valorização ao gesto  professora. Passaram-se uns bons pares anos, entrei na vida profissional e aí por meados dos anos setenta, ouvi pela primeira vez na televisão um actor a que todos atribuíam dotes excepcionais de dizer poesia, chamava-se Mário Viegas. Comecei a seguir mais de perto o percurso profissional do Mário! Era sem dúvida quem melhor sabia declamar os nossos poetas e dizer as nossas poesias. Corajoso em expor aquilo que entendia estar certo, firme na defesa de valores em que acreditava, frontal e directo nos seus pontos de vista e sempre com imensos projectos por realizar. Enfim, um grande Homem e um excelente Actor que sempre recordamos com imensa saudade.

Ah, já me esquecia, a professora de Português chama(va)-se Mariana Viegas e foi ela quem me ensinou a saber gostar de poesia.



Foto -  Fernando Negreira 



7 comentários:

José Marques disse...

De facto Mário Viegas foi sem duvida um grande vulto da cultura portuguesa. Um grande homem que nos deixou mais pobres.
Parabens pela homenagem

Luis Villas disse...

Um homem que marcou a poesia em Portugal.

vt disse...

Correcção, meu caro: eu sei que a culpa não é tua, mas originalmente, a foto foi retirada daqui e é de autoria do repórter fotográfico Fernando Negreira. Não sou fundamentalista dos direitos de autor, mas o seu a seu dono fica sempre bem. Grande abraço.

Manuel Gomes disse...

Tem toda a razão, Viriato Teles.Vou de imediato proceder á devida correcção.

Fernando Negreira disse...

Agradecido meu caro Viriato O-Sempre-Atento :-)) e Manuel Gomes ilustre bloggista, só nos resta fazer um brinde á memória do Mário Viegas... Hip Hip!

Manuel Gomes disse...

O meu agradecimento ao Fernando Negreira por me ter dado a honra desta visita, mas também e principalmente, por aquele registo fotográfico único e tão representativo do Mário Viegas.
Um Abraço

Manuel disse...

Também andei na Escola Industrial e Comercial de Santarém, onde também tive como professora a D.Mariana Viegas. Também, por ela, cheguei à poesia, quando nos punha a recitar. Também admirei a arte de seu filho Mário. Ainda há cerca de 4 anos, falei com a mãe, num Encontro de Antigos Alunos da nossa Escola e "andámos por aí", pelo tempo em que começámos essas experiências que, mais tarde, haveriam de ser muito importantes. A D. Mariana já tem uma idade bastante avançada, continuando porém a lutar, com a sua dignidade e sabedoria, pela vida. Vamos fazer, no dia 27 de Fevereiro, no CNEMA - Parque de Exposições de Santarém, no restaurante Varanda do Parque, mais um desses Encontros. Quem sabe se não nos iremos lá encontrar?!... Eu sou o Manuel Sá, e faço parte da equipa que organiza o Encontro. Ligue por aqui, ou pelo 914 107 011. Abraço.