28 agosto 2006

Corrente Auto-Retratista

È, concordo plenamente com a Magnólia , fazer um auto-retrato é sempre um exercício muito complexo. Temos na nossa conduta de comportamentos, padrões a que nos propomos seguir sempre em função daquilo que achamos serem os caminhos mais justos e correctos. Mas no percurso da vida, surgem por vezes algumas situações as quais nem sempre conseguimos ultrapassar à nossa maneira, são os chamados desvios de conduta, incompreensíveis por vezes e com um certo grau de dificuldade costumamos exemplificar como, erros humanos, condicionalismos da vida, ou até, precipitação de analise. E é na assunção daquilo que gostávamos que fossemos e no que somos na realidade, que mora a dificuldade do auto-retrato. Mesmo assim e dando continuidade ao lado escolhido pela Magnólia, a corrente por aqui também não se partirá: Sou um cidadão inserido socialmente neste país onde nasci e onde penso continuar, preocupo-me com as injustiças e a falta de verdade de todos os poderes, quer sejam institucionais ou não. Gosto de estar do lado das minorias, ou seja, prefiro compartilhar com quem esteja esclarecido do que alinhar pelas maiorias regimentadas. Provoco por vezes a indignação porque entendo que na discussão das ideias, tudo pode ser questionado, até as nossas próprias razões. Os meus valores são a seriedade e a justiça, porque entendo que tudo pode ser melhorado numa sociedade, se estes dois valores forem pilares fundamentais de todas as relações sociais. O meu leque de escolhas é hoje mais abrangente do que há uns tempos passados, reconheço, ( o caminho da vida tornar-nos mais complacentes?!!! ), mas simpatizo com um clube de futebol , tenho os meus autores preferidos, alimento-me musicalmente dos meus músicos favoritos, e entendo que a vida só faz sentido se usufruirmos bem, das coisas boas que ela nos dá.
As demais pinceladas deste auto-retrato, deixo-as ao olho artístico de quem me acompanha periodicamente neste interessante caminho blogueiro.
Por fim, lanço daqui o desafio desta corrente retratista a outros caminhantes blogueiros. São eles TomásVasques , LuisVillas , e JuliaCoutinho .

8 comentários:

a.castro disse...

Caro Manuel Gomes,
Mais um texto excelente, desta vez sob a forma de "Corrente Auto-Retratista".
Agradeço o comentário feito em "minha casa", permitindo-me apenas corrigir o meu nome: A.Castro, em vez de A.Costa (acontece... não há "crise"!)
Abraço!

magnolia disse...

Obriga por dar seguimento a esta corrente blogosférica. Afinal, há correntes que unem com objectivos altruístas. Outras, duras amarras, continuaremos a lutar para quebrá-las definitivamente.

tomasvasques disse...

No Fim de semana darei continuidade.

MGomes disse...

Um agradecimento ao Tomás Vasques pela receptividade.

Ludovicus Rex disse...

Gostei muito desse teu retrato blogueiro.
Muitos de nós nos revemos aí também.

José Marques disse...

Sou visita habitual a este espaço. O teu auto retrato blogueiro, só me vem dar razão, para que continue a ser uma rotina passar por cá
Um abraço

tomasvasques disse...

Caro Manuel Gomes
Neste momento ainda estou a tentar recuperar todos os blogues que tinha e que se perderam num "apagão" que não entendi. Mas ainda hoje cumpro o que prometi: dar continuidade ao amável dasafio. Um abraço.

Luis Villas disse...

Depois de uma temporada de poisio, cá estou de volta, e no próximo fim de semana, vou aceitar o desafio que fez a gentileza de me propôr.
Agradeço!
Um abraço e vou cumprir a promessa.