29 junho 2007

A Festa foi Bonita...


A festa foi bonita pá mas tu agora
voltas ao mesmo leito onde dormiste
e apesar do sabor que nos deixamos
o termos que partir é sempre triste

O mundo que sonhamos está tão longe
mas tudo o que esta noite se viveu
garante que afinal pode ser hoje
o mundo que se sonha e se esqueceu

Mas há uma coisa enorme que ficou:
(e é nela que teces o amanhã
que deste frente a frente resultou)
a vontade de viver outra verdade
a vontade de acordar noutra manhã

Foto_Raphael o pensativo
Versos retirados do Poema " A Festa foi Bonita" de Pedro Barroso

5 comentários:

Ludovicus Rex disse...

Venho aqui nomear-te como "blog ativista", passa no meu blog e retira o banner para colocares no teu.

a.castro disse...

Caro M. Gomes,
Versos bonitos (o que não é de estranhar no teu blog) e consegues quase sempre fotos a condizer. Já te surripiei umas duas ou três! (desculpa) :)
Abraço, meu amigo.

Maria Faia disse...

Poesia linda meu amigo.
Um outro amanhã sempre brilha...

P.S. Há uma petição pelos Direitos Humanos a subscrever no Querubim Peregrino.

Beijo

Bichodeconta disse...

Bonito e sentido o poema, parabéns. Sinal de que tenho de passar por aqui mais vezes de modo a não perder as coisas lindas que escreve. Parabéns. Voltarei...

Maria Faia disse...

Olá Amigo Manuel,

Passei por cá para te convidar a subscreveres a petição pela Liberdade que deixei no Querubim Peregrino.

Beijinho e
DOMINGO FELIZ