10 maio 2006

Obviamente, demito-o

No dia 10 de Maio de 1958, a uma pergunta do jornalista da France Press sobre que atitude é que tomaria para com o Presidente do Conselho Oliveira Salazar, caso fosse eleito, Humberto Delgado de uma forma enérgica e sem hesitação disse: "Obviamente, demito-o". A resposta eclodiu por toda a sala repleta do Café Chave de Ouro e a frase caiu que nem uma bomba, transformando para a História este homem e este português, no "General sem Medo"

2 comentários:

JG disse...

Olá amigo. Passei para lhe deixar um abraço. E ainda bem que passei porque fiz um post sobre esta conferência de imprensa e não consegui, por mais voltas que desse à cabeça, onde tinha sido. Foi no Café Chave de Ouro!! Ufff, já posso deixar de pensar nisso.

Um abraço

Manuel Gomes disse...

Caro Amigo
Só para lhe agradecer a visita e dizer-lhe que poderá complementar o seu post sobre a conferência de imprensa do Humberto Delgado, em http://revelarlx.cm-lisboa.pt/gca/?id=673

Um Abraço_MGomes