03 outubro 2006

Vais ver, o sol brilhará


Não sou o único
....
Pensas que sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ouvir os conselhos dos outros
E sempre a cair nos buracos
A desejar o que não tive
Agarrado ao que não tenho
Não, não sou o úinico
Não sou o único a olhar o céu

E quando as nuvens partirem
O céu azul ficará
E quando as trevas abrirem
Vais ver, o sol brilhará
Vais ver, o sol brilhará

Foto_Carlos Pereira
Poema_Tim (Xutos e Pontapés)

3 comentários:

Ludovicus Rex disse...

Não...não és o único... Somos muitos meu amigo.
Um abraço

magnolia disse...

E sempre a cair nos buracos
A desejar o que não tive
Agarrado ao que não tenho

... Como sempre, desejando o que não temos, lamentando o que perdemos, e fugindo do presente. Humanos, imperfeitos, insatisfeitos, insaciáveis?...

Mendes Ferreira disse...

esperemos que sim.....




:))))